Sinestesia


Sinestesia

Etimologia:

A palavra sinestesia tem origem no grego synaísthesis, que quer dizer “sentir junto”. O termo é resultado da combinação de syn, que significa “união”, “junto”, “ao mesmo tempo”, e esthesia, que quer dizer “sensação”.

Descrição:

A figura de linguagem sinestesia caracteriza-se pela combinação de termos que remetem a diferentes sentidos do corpo humano. Desse modo, uma expressão que misture sensações visuais e auditivas é um exemplo de sinestesia, assim como outra que, ao mesmo tempo, remeta à audição e ao tato.

Exemplos de sinestesia:


    Esse perfume é muito doce.

  • O perfume é percebido pelo olfato, mas a característica de “doçura” que se atribui a ele está relacionada ao paladar.
  • Gosto de quem canta com voz macia.

  • A voz só pode percebida pela audição. Quando se diz que a voz é macia, um outro sentido está sendo evocado, o tato.

  • As cores quentes estão em alta nesta estação.

  • A cor é um estímulo percebido pela visão, enquanto o adjetivo “quente” remete a um estímulo que só pode ser captado pelo tato.