Ironia

Ironia
Ironia 5.00/5 (100.00%) 1 voto

Etimologia:

A palavra ironia é derivada do latim ironia, que por sua vez tem origem no grego eironeia, que quer dizer “perguntar fingindo não saber a resposta”, mas também pode significar “disfarce”, “dissimulação”.

Descrição:

A ironia é a figura de linguagem que consiste no emprego de uma palavra ou expressão de forma que ela tenha um sentido diferente do habitual e produza um humor sutil. Para que a ironia funcione, esse jogo com as palavras deve ser feito com elegância, de uma maneira que não deixe transparecer imediatamente a intenção. A ironia deve estimular o raciocínio, deve fazer o leitor (ou ouvinte) considerar os diversos sentidos possíveis que uma determinada palavra ou expressão pode ter, até encontrar aquele que se encaixa na mensagem produzindo um significado inusitado.

Frequentemente, esse jogo é feito utilizando-se uma palavra quando na verdade se quer dizer o oposto dela, mas vale lembrar que nem só de oposições se constroem as ironias. Às vezes, o sentido real do que se diz não é exatamente o oposto, mas é diferente, e isso basta para tornar a sentença irônica.

Exemplos:

    Fale mais alto, lá da esquina ainda não dá para ouvir.

  • O sentido verdadeiro dessa frase é que se deseja que alguém fale mais baixo. A ironia está em pedir justamente o contrário, “fale mais alto”. O caráter irônico é reforçado pela frase “lá da esquina ainda não dá para ouvir”, que faz parecer que o objetivo da pessoa deve ser falar alto o bastante para se fazer ouvir a uma certa distância.

  • Que pessoa educada! Entrou sem cumprimentar ninguém.

  • Se a pessoa “entrou sem cumprimentar ninguém”, é claro que a afirmação de que ela é uma pessoa educada não pode ser verdade. A ironia aqui é produzida pelo simples uso do termo oposto: no lugar de “que pessoa educada!” devemos entender “que pessoa sem educação!”.

Comentários