Eufemismo

Eufemismo
Eufemismo 5.00/5 (100.00%) 1 voto

Etimologia:

A palavra eufemismo vem do grego. O acréscimo do prefixo eu (agradável, bom) ao termo pheme (palavra) deu origem a euphémein, que significa “pronunciar palavras agradáveis”. Em português, euphémein virou eufemismo.

Descrição:

O eufemismo é uma figura de linguagem que caracteriza-se pela substituição de palavras ou expressões com o objetivo de suavizar a mensagem, torná-la menos chocante. Termos rudes são trocados por palavras mais brandas, permitindo falar de coisas desagradáveis de uma forma melhor, embora o sentido essencial permaneça inalterado.

O eufemismo é bastante empregado quando se fala sobre morte, por exemplo. As dezenas de expressões que usamos para nos referirmos ao fenômeno da morte revelam o quanto o assunto é incômodo.

Por se tratar de uma substituição de termos, o eufemismo também pode ser admitido como um tipo de perífrase.

Exemplos:

    A testemunha faltou com a verdade.

  • A expressão “faltou com a verdade” está aí substituindo o verbo “mentiu”.
  • Era uma moça de inteligência bastante limitada.

  • O uso da expressão “inteligência bastante limitada” permite dizer de uma forma mais amena que tratava-se uma moça “burra”.
  • O jovem rapaz partiu desta para melhor.

  • Para evitar dizer que a pessoa morreu, foi usada a expressão “partiu desta para melhor”. Entre os muitos outros eufemismos para a morte, estão os termos “falecer”, “partir” e “descansar”.

ATENÇÃO: Certas expressões usadas para substituir as palavras “morte” e “morrer” possuem um forte caráter cômico, e por isso deixam de ser consideradas eufemismo. Como exemplos podemos citar as expressões “esticar as canelas”, “ir para a terra dos pés juntos”, “comer capim pela raiz”, entre outras.

Comentários